Top 10 | Melhores momentos de Naruto Clássico

Eu sou da teoria de que o Naruto Clássico funciona como um anime separado, e funciona muito bem. Observando apenas esta parte da obra, fica claro que diversos eventos têm grande peso, devido ao formato mais pé no chão do enredo. Os pequenos saltos são compreensíveis e não banalizam a ampliação do nível de poder, ao contrário do que ocorre no Naruto Shippuden. Este top 10 funciona como um esquenta para a resenha de Naruto Clássico.

Décimo lugar — A caixa d’água

A primeira luta do Naruto com o Sasuke se deu em um momento surpreendente e curioso, na laje do hospital de Konoha. O confronto sério, com alta tensão, foi encerrado antes do choque dos golpes principais de ambos, criando uma expectativa pelo momento em que tal choque ocorreria. Sasuke, que já vinha se sentindo inferior ao Naruto e pensara ter causado mais estrago na caixa d’água que seu companheiro, descobriu que o buraco feito pelo Rasengan fora muito maior que o provocado pelo Chidori. Uma amostra do poder do Naruto e um degrau a mais de hype para uma luta até a morte entre eles.

Nono lugar — Hokage contra Hokage

Durante a invasão à Konoha, tivemos o maior confronto de ninjas de elite até o momento. O temido Orochimaru fez o inacreditável: ressuscitou os dois primeiros Hokages para enfrentar o terceiro. Aqui temos, mais do que um show de bolas de energia, pequenas demonstrações de habilidades diferenciadas e até assustadoras. Orochimaru arranca o rosto, cospe uma espada e revive pessoas, enquanto o Hizuren Sarutobi arranca e sela a alma dos revividos junto com os braços de Orochimaru, enquanto era empalado por sua espada. Já que é um ranking de momentos, o nono lugar vai para o cabo de guerra pela alma do Orochimaru.

Oitavo lugar — Meu corpo se moveu sozinho, bobão

No primeiro arco de Naruto, ele e Sasuke levam uma surra de Haku e não há perspectivas de vitória, pois Kakashi está ocupado com Zabuza Momochi, o Demônio do Gás Oculto. Com Naruto rendido, Haku avança para um ataque mortal, mas é detido por Sasuke. O sacrifício daquele que fora odiado, mas que agora era seu amigo, fez emergir de Naruto, pela primeira vez, o chakra vermelho. Naruto se torna um animal e é o Haku que parece sem saída. Esse momento me arrepia até hoje, quando penso nele.

Sétimo lugar — Eu sou seu amigo!

Durante a batalha no Vale do Fim, enquanto apanhava de Sasuke, Naruto refletiu sobre o momento. Com muita tristeza, concluiu que Sasuke estava lutando pra matar e decidiu, em meio à fúria, que o impediria de desertar, mesmo que para isso precisasse quebrar todos os seus ossos. É um momento muito tenso especialmente porque, se Naruto não tivesse desviado o Chidori, teria morrido. A mudança na postura do Naruto dá um novo gás à batalha, já que ele parecia, desde o começo, não estar lutando com todas as suas forças.

Sexto lugar — O meu novo golpe mortal supersecreto!

Nas preliminares da Terceira Fase do Exame Chunin, Naruto evoluiu. Antes ele era apenas esforçado, mas, na luta contra o Kiba, vemos que ele é um gênio do combate. Depois de duas estratégias humilhantes e um momento impagável de imprevisibilidade, ele adaptou ao seu estilo a técnica de Sasuke, que vira pouco antes, e nocauteou Kiba lindamente. O ninja laranja estava crescendo.

Quinto lugar — Ei, você não está ferido está? Moleque medroso!

Na Floresta da Morte, o assustador Orochimaru estava à espreita do Time 7. Ante seu bizarro comportamento, Sasuke congelou. Nem mesmo um (maravilhoso) soco em seu rosto o acordou para a vida. Por mais que a chegada do Naruto seja épica, a cena específica que destaco é quando o Naruto se joga na frente da cobra para salvar seus covardes companheiros e lança a frase que intitula o quinto lugar. Sua atitude inspirou tanto Sasuke quanto Sakura a lutar e promoveu outro grande momento.

Quarto lugar — Sakura, quem fez isso com você?

Depois de Sakura dar o seu melhor para enfrentar os ninjas do som e Rock Lee mostrar um pouco do seu talento, eles e o Time 10 se encontravam encurralados diante do avassalador Zaku e o certeiro Dosu, quando Sasuke acordou. Com o Selo Amaldiçoado e desejo por vingança, Sasuke humilhou Zaku, quebrando seus braços, e pareceu gostar. Ele estava assustador, estava mau e Sakura o despertou. Esta cena tem muito a ver com a (excelente) atmosfera de terror presente em Naruto Clássico.

Terceiro lugar — Um fracassado sempre será um fracassado

Depois da derrota de Hinata, diante do genin mais poderoso de Konoha, Naruto prometeu que venceria. Sua luta contra Neji foi dura, mas o chakra da Kyuubi lhe permitiu quase matar o adversário em um único soco (lembrando que o soco atingiu a Rotação). Quando pensávamos que seu feito já era notável, Naruto saiu do chão acertando um (belo) gancho em Neji. Talvez um perdedor possa vencer um gênio natural apenas com o fruto de seu esforço. A essa altura, é inegável que o Naruto era o genin mais forte de Konoha. O ninja laranja não é mais apenas hiperativo e cabeça oca.

Segundo lugar — Esse é mesmo o Lee? Quando? Como?

Rock Lee, o bobão sem nada ao seu favor, exceto um péssimo taijutsu. Lee teve o azar de enfrentar justamente o ninja mais bem preparado contra ele. Apesar disto, ele conseguiu travar uma linda luta, atingindo Gaara e o deixando indefeso, à mercê do golpe final. É emocionante ver que o fracassado está prestes a derrotar o gênio natural e o semblante do Neji é, novamente, impagável. A derrota do Lee nesta batalha é, inclusive, a maior injustiça de Naruto Clássico, pois a Lótus Oculta devia matar o Gaara com ou sem a cabaça amortecendo o impacto. Fora que, já que a armadura de areia estava quebrando, provavelmente nem seria preciso aplicar a Lótus para derrotar o Gaara.

Primeiro lugar — Presas e garras! Presas e garras!

Naruto enfrentou de igual para igual nada mais nada menos que o grande trunfo da Vila da Areia na invasão à Konoha. Com Sakura cada vez mais próxima da morte e Sasuke incapacitado, Naruto travou uma batalha titânica com Gaara, chegando a invocar o chefe do batráquios, Gamabunta. A cena do sapão se transformando na Raposa de Nove Caudas foi fantástica e posso citar também a que vem na sequência, o soco que acordou Gaara. Infelizmente, Kishimoto não detalhou a importância do feito do Naruto. Apesar de ter realizado metade do trabalho na vitória da Folha sobre a Areia e o Som, não parece que Naruto é reverenciado como o herói que foi. Sequer foi promovido a Chunin, outra das injustiças de Naruto Clássico.


Deixe suas dúvidas, críticas ou sugestões nos comentários. Siga o Blog do Kira por e-mail e não perca os próximos posts. Acesse o Podcast do Kira, um canal com versões em áudio de alguns textos daqui e conteúdos inéditos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s