Crítica | Turma da Mônica Jovem vol. 47: o final que deixa inconsistente

O vol. 47 de Turma da Mônica Jovem é uma aventura reflexiva num outro mundo, um mundo diferente, embora parecido. O ambiente é um parque de diversões que possui referências à Alice no País das Maravilhas, sendo que, felizmente, Parque das Maravilhas é muito melhor que o horroroso No País das Maravilhas.

Neste, o protagonismo da Mônica é totalmente justificável. O começo do volume a mostra como uma pessoa incomodada com seus pares, mais especificamente — e para a surpresa de ninguém — com o Cebola.

O que parece ser apenas um acesso de ciúme bobo na verdade é o desdobramento do medo que ela tem de o Cebola não mudar seu comportamento. Esse medo segue da inconformidade dela com a própria aparência, demonstrada pela pesada cena inicial do espelho. Basicamente, o passado a assombra.

Esse toque no bullying e o incômodo com o passado formam um cenário muito bom para se desenvolver uma história de aceitação. Nesse ponto eu imaginei que o final seria ela identificando o mundo real como algo bom e o mundo dos espelhos como o que realmente é ruim. E aqui a coisa entra no místico.

Não dá para dizer que é ruim, mas é autossabotador. Lamentavelmente, o roteiro coloca indícios de que a rainha é a Mônica, o que tira muito o peso que essa revelação teria. Além disso, a ideia de mudar a personalidade dos personagens é muito antiga, então não atrai mais. De novo, não é ruim, mas não tem nada de marcante.

A capa do vol. 47 tem um traço estranho no rosto dos personagens. Achei particularmente ruim.

Eu gosto da ideia de ser tudo ao contrário porque é um espelho. O vol. 47 ia bem enquanto mostrava uma Magali que não quer comer, um Cascão obcecado por limpeza, um Nimbus que não gosta de mágica e uma Marina que gosta de cães (o Cebola bobo da corte não gostei, mas o excesso das palavras com “r” sim).

Só que a revelação de que a Mônica os obrigava a fazer essas coisas é frustrante. Ainda pior é o que vem depois de a rainha parar de influenciá-los. Se aquele é o mundo do espelho, qual a lógica em as pessoas se aproximarem do comportamento de suas versões reais? Não foi estabelecido que a rainha fazia o mundo do espelho ser um mundo do espelho.

Quando Parque das Maravilhas torna normal o agir parecido com o das versões reais, ele mata o próprio sentido temático da história. Não existe mais uma relação de oposição para fazer a Mônica refletir. A pá de cal nesse assassinato da estrutura temática é a Mônica não ter uma boa discussão com a outra Mônica até cair na real sobre seus sentimentos.

Sobre a rainha, é até bizarro o quanto ela foi desperdiçada. Não há uma lição de moral, não há uma construção mitológica que explique o que é o mundo do espelho, como a Mônica entrou lá e, principalmente, qual era a da rainha. Ela fazia coisas, mas não sei o motivo. Ela era rainha, mas não sei o motivo.

Por mais que os volumes atuais de Turma da Mônica Jovem não sejam tão ruins quanto ouço falar (considerando a média de qualidade), é notável que parece haver uma preguiça quase intrínseca aos roteiristas. Às vezes têm uma boa ideia, às vezes têm uma boa sacada, mas nunca um volume é totalmente satisfatório.

O vol. 47 da segunda série de Turma da Mônica Jovem é interessante, mas uma grande oportunidade desperdiçada. De novo.

Observação: não vou mais incluir no título o “2ª série”, já que é autoevidente e deixa o título desnecessariamente mais longo.


Deixe suas dúvidas, críticas ou sugestões nos comentários. Siga o Blog do Kira por e-mail e não perca os próximos posts. Acesse o Podcast do Kira, um canal com versões em áudio de alguns textos daqui e conteúdos inéditos.

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s