Crítica | Anaconda 2 (2004): falha na anaconda

Vida longa ao macaquinho

Ficha técnica no IMDb

Na selva de Borneo existe uma rara orquídea vermelha, que desabrocha apenas uma vez a cada 7 anos. Considerada a chave para a produção de um soro da juventude, um grupo de cientistas decide embarcar numa viagem para encontrá-la. Eles acreditam que o soro irá render muito prestígio e dinheiro para suas carreiras, valendo a pena correr os riscos da expedição. Entretanto, logo eles percebem que, além do mau tempo e da densa vegetação, algo mais pretende impedi-los de alcançar a orquídea: um predador mortal.

Anaconda 2 é um filme que mistura uma trama mais científica com um pouco de terror e uma pitada de comédia. Diria eu que é uma pitada bem generosa, até. Tem a clássica piada com idioma, na qual um personagem acha que outro aparentemente estrangeiro não conhece sua língua, mas na verdade ele conhece. Isso acontece na cena da massagem no Premonição 5.

Tem algumas tiradinhas que eu achei engraçadas, como aquela em que a mulher pergunta ao capitão se ele bebeu (metaforicamente) e ele está com um copo de bebida na mão. Há outras mais fracas e piadas ruins, mas o grande problema dessa parte do filme é um personagem específico.

Ele é um chorão que age feito um idiota, fica esperneando irritantemente e leva à morte um personagem tecnicamente importante para o grupo de sobreviventes. Ele é parecido com o detestável Zenitsu, de Kimetsu no Yaiba. O filme seria uns 20% melhor se esse figura não existisse.

O esqueleto do enredo de Anaconda 2 é muito eficiente. Faz total sentido pesquisadores iniciarem uma expedição em busca de uma possível planta medicinal. Do mesmo modo, a escalada do chefe em seu interesse até o ponto em que chegou é orgânica e crível, afinal, era uma descoberta que mudaria os rumos da humanidade.

A relação estabelecida entre a flor e a anaconda é boa porque se faz necessária, não sendo apenas um adereço, como o destino de viagem naqueles filmes em que pessoas encontram vilões na estrada. Por mais que seja algo exagerado, considerando a “mitologia” do filme, é compreensível que as cobras tenham chegado àquele nível.

Os personagens de Anaconda 2 são, individualmente, quase irrelevantes. A irrelevância é tamanha que eu sequer absorvi o nome de qualquer um deles, mas suas interações possuem pontos positivos, como a tensão que existe entre as duas mulheres por uma achar que a outra está lá não por sua competência, mas por sua aparência. Uma dessas personagens tem um atrito semelhante com o chefe. Gostei também do capitão, sua ganância e a forma com que priorizou o retorno em segurança, depois de alguns incidentes.

A motivação dos personagens, combinada com a situação do barco e a condução da trama, leva a um andar sólido e com poucos defeitos. Acaba que Anaconda 2 tem um lado humano bem regular e válido. Não é bom, mas não compromete. Só que o filme falha na anaconda.

Minha intenção nem é criticar efeitos visuais, mas o posicionamento da cobra nas cenas de ação. Ela é sempre muito conveniente, atacando apenas aqui e ali, sem que seu método ou objetivo fique claro. Na cena do rio, ela está junto com todos, mas demora uma eternidade para atacar e ataca um só.

Destaco negativamente aquele ataque “quebra de expectativa” da anaconda no chatonildo. É ruim porque não serve para nada além de impactar o espectador, o que torna a cena irrelevante para a história do filme.

No geral, Anaconda 2 é um filme razoável com uma condução interessante e a anaconda, que não o melhora, mas também não o piora. Este é um típico filme esquecível que deixa de te importar um dia depois que você o assistiu.

Observação: parabéns ao macaquinho por correr pela floresta, enfrentar a anaconda e conseguir voltar ao barco. É curioso como o filme faz closes no rosto dele durante certas cenas, como se a posição dele diante daquelas situações fosse relevante ou tivesse peso dramático. É disparado o melhor personagem de Anaconda 2.

Observação 2: claramente o roteiro do filme é bom, mas se sabota por ter personagens demais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s