Crítica | Doce Vingança 2: mais tortura, mais profundidade e mais qualidade

Doce Vingança 2 começa de um modo mais trabalhado que o primeiro, exibindo uma protagonista mais complexa e mais completa. A abordagem do tema “modelo” é uma boa direção que foi tomada, tornando ainda mais humano o que acontece com a personagem.

A primeira cena de violência ocorre num momento mais inesperado, pois não ficou tão óbvio que seria aquele caminho a ser tomado. Embora eu não entenda como o cara descobriu onde ela mora, achei o restante da cena bem feito, em especial, as precauções tomadas para livrar os 3 de problemas com a polícia.

Não entendi direito a razão de levarem-na para a Europa, mas gostei de como foi feito o cárcere dela, bem como sua primeira fuga, que nos brinda com um plot twist até que surpreendente. A tortura que ela sofre é ainda mais repulsiva que a do primeiro filme.

Doce Vingança 2 acerta onde o 1 mais errou: ele aprofunda o desenvolvimento emocional da protagonista antes da vingança. Nós sentimos o quão foi duro e como ela sobreviveu. Achei as torturas mais simples e críveis que as do primeiro filme, mas completamente perturbadoras. Em especial, para os homens, a cena do omelete, mas a morte no banheiro foi tão repulsiva quanto.

Há o inconveniente de não termos certeza de quanto tempo passou, mas isso nos permite ter a sensação de que a infecção do cara aumentou, descontando um pouco a “perdidão temporal”.

Para fechar, o filme teve um bom final, contendo uma figura de linguagem que expressa que, após a vingança, ela pode retomar qualquer que fosse a sua vida antes do fato.

Não compromete e evolui bem o anterior.

Observação: escrevi esse texto há vários anos e por problemas técnicos tive que postá-lo hoje. Em alguns dias ou semanas o editarei para ficar mais profundo (sim, igual ao texto sobre o primeiro Doce Vingança).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s