Crítica | Um Clássico Filme de Terror (2021): feito de qualquer jeito

Desde a primeira vez em que li o título do filme senti que era demasiado prepotente. É claro que existe uma lógica interna para a frase, mas, antes de assistir, o que fica é a impressão de que o filme se autoelogia. Isso aumenta a expectativa e a exigência de qualidade.

Continue lendo