Crítica | Capitã Nova (2021): roteiro burro, muito burro

Claro que eu não esperava um nível de qualidade similar, pois Capitã Nova tem a metade do tempo de duração de Interestelar, mas imaginei que veria uma obra razoável. Triste engano.

Continue lendo