Crítica | Chamada de Emergência (2013): um filme redondinho

Chamada de Emergência é um filme redondinho porque aproveita bem seus elementos e as informações que expõe, tornando-as um pouco mais que meros adereços. Não vou dizer que é algo genial, mas é inteligente e perceptível o suficiente para que o filme pareça muito bom.

Continue lendo

Crítica | Accident (2017): festival de burrice

Accident possui uma premissa bastante interessante: pessoas acidentadas presas nas ferragens. A luta pela sobrevivência, que deveria ser o foco do filme, todavia, é maltratada continuamente. Chega ao ponto de ser irritante e dá vontade de parar de assistir, não só pelo miolo da sobrevivência, e é aqui que entram as burrices.

Crítica | Quando Ninguém Vê (2020): o fantoche da justiça

Quando Ninguém Vê é um filme satisfatório que não entrega nada do que se espera de um filme de brinquedo assassino. Seu enredo é simples, funcional e me agradou. É preciso assistir de mente aberta e sem muitas exigências para poder aproveitar a experiência. As cenas de violência são o suficiente e as reviravoltas são boas, mas nada de outro mundo.

1 2 3