Crítica | Target: Mira Mortal (2018): 80% tosco, 20% quase bom

Target: Mira Mortal é um filme extremamente burro. Ele não é apenas ruim, mas é burro. É burro porque sua ruindade é proposital, não um acidente. Target: Mira Mortal escolheu ser tosco, ter um roteiro ruim, um andamento meia boca, não conservar a ideia inicial e desprezá-la. Se quisesse, Target: Mira Mortal seria um bom filme.

Continue lendo